Metodologias participativas


por Ana Paula Garcia  

No segundo dia do Programa de Formação de Condutores da Lapinha da Serra e Região deu-se continuidade às atividades que estimulam o empreendedorismo social nos participantes da oficina.  Foram utilizadas metodologias participativas, como o Canvas (Busines Model Canvas) que é uma ferramenta de gerenciamento e permite um processo de elaboração de estratégias, na qual se estabelecem as ações prioritárias para o alcance de resultados mais efetivos ou encontrar alternativas para solucionar algum problema.  Com o levantamento das demandas, foi elaborado junto aos participantes, um plano de ação com definições de prazo, responsabilidades e atividades a serem desenvolvidas, que será um importante instrumento para estimular parcerias, sensibilizar os membros da comunidade e cooperar para a gestão e organização da atividade turística local. 

Para contribuir com o este dia de trabalho, esteve presente o Secretário de Turismo Municipal, Gustavo Campos, que elucidou questões sobre a importância do condutor ambiental para a organização da oferta turística local, a necessidade da organização associativa dos condutores e ações que contribuam para a proteção do patrimônio cultural e natural, e que garantam um turismo que seja benéfico para a comunidade, o meio ambiente e para os turistas.