Fortalecimento e consolidação do grupo de condutores ambientais da Lapinha da Serra e região



Após cinco dias de muito trabalho, concluiu-se no dia 14 de agosto de 2015, o primeiro Módulo do Programa de Formação dos Condutores de Visitantes da Lapinha da Serra e Região, realizado pela Prefeitura de Santana do Riacho, Prefeitura de Conceição do Mato Dentro, Instituto Estadual de Floresta - IEF em parceria com o Instituto Produzir Turismo e Produção Associada e as empresas Atitude Consultoria e  ATUSS - Treinamento, Gestão e Consultoria em Turismo.  

O encontro teve por objetivo fortalecer o grupo de condutores ambientais e integrá-los junto as Unidades de Conservações, mais especificamente ao Parque Estadual Serra do Intendente, Parque Nacional da Serra do Cipó, Área de Proteção Ambiental Morro da Pedreira (APA), entre outras Reservas Particular do Patrimônio Natural (RPPN). Ainda, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer e discutir a Instrução Normativa 08/2008 do ICMBio e contextualizar com a realidade local, visando estabelecer normas e procedimentos para a prestação de serviços de visitação e turismo nas UC`s. 

Como parceiro na condução dos trabalhos, o Instituto Produzir teve como missão incentivar o protagonismo e o empoderamento dos grupos, instituindo metodologias participativas para a construção do Plano de Ação, que culminou no fortalecimento e consolidação dos grupos de condutores.

Como resultado, os grupos elencaram cinco (05) linhas de ações para implementação de curto, médio e longo prazos, destacando-se:
• fortalecimento do grupo de Condutores Ambientais da Lapinha da Serra - Nhamgatu;
• nas capacitações;
• na criação do Centro de Atendimento ao Turista (CAT);
• na normatização e regulamentação da atividade turística local e regional; e
• na articulação de parcerias.

Ainda, estimulou o espírito de empreendedorismo socioambiental no grupo ocasionando:
• Organização de grupos de trabalho entre os condutores;
• Incentivo a realização de constantes reuniões e oficinas de trabalho;
• Construção da consciência para mobilização, participação e controle das atividades turísticas nos povoados;
• Aprimoramento do controle e avaliação da atividade turística local;
• Planejamento, considerando a unificação dos vários pactos firmados no Plano de Ação;
• Entendimento da importância do Plano de Manejo do Parque Estadual Serra do Intendente, como forma de fortalecer as ações instituídas pelos grupos.


Já a empresa ATUSS, especializada em Roteirização e Formatação de Produtos Turísticos, atuou dentro das premissas do Turismo de Base Comunitário, com o objetivo de apresentar novas oportunidades de negócios, desenvolvimento socioeconômico das comunidades receptoras, diversificação da oferta turística local e no fomento do turismo, como alternativa de geração de renda e inclusão social. Com a metodologia implantada obteve-se os seguintes indicadores:
• Formatação de 06 roteiros para a região;
• Sendo 03 roteiros inéditos em Lapinha;
• Sendo 01 roteiro regional, integrando distritos;
• E uma atividade prática de campo, a partir de um dos roteiros elaborado em sala.

Além disso, promoveu outros resultados como:
• Incentivo ao ordenamento dos produtos turísticos ofertados;
• Ampliação da oferta de passeios para novos segmentos de mercado;
• Estimulo ao estabelecimento de regulamentos com princípios socioambientais para organização dos condutores;
• Incentivo à padronização dos serviços oferecidos;
• Adesão ao Termo de Compromisso e Responsabilidade do Turista para a prática de passeios e esportes na natureza;
• Aprimoramento das práticas de condução por meio de Caminhada Ecológica;
• Incentivo a formatação de produtos turísticos regionalizados, como eixo estruturante do processo de propagação da atividade turística.

Como incentivo à promoção e comercialização dos produtos turísticos formatados, os empreendedores Ana Paula Garcia (ATUSS) e Ronildo Araujo Ted Machado (Atitude Consultoria), disponibilizaram aos participantes da oficina, o cadastramento de produtos e serviços no site www.receptivoturistico.com.br, recém-lançado, que tem por objetivo oferecer uma alternativa para a inserção desse público-alvo no comércio eletrônico, já que os pequenos e médios empreendedores ainda estão em fase de absorção da cultura da Internet. A ferramenta é de simples manuseio e fortalece a divulgação, promoção e possibilita a forma de pagamento online, o cadastro é gratuito, e o site tem como diferencial o rankeamento dos produtos e serviços, avaliados pelos usuários dos produtos que ainda poderão deixar comentários, fotos e vídeos das atrações vivenciadas. 

Todo o processo de construção, instrumentalização e ordenação de estratégias, teve o intuito de oportunizar ações que se desenvolvam de maneira sustentável, participativa e articulada. Logo, estimulou-se uma nova forma de se organizar para operacionalizar a atividade turística local, com o fornecimento de produtos e serviços turísticos inéditos, integrados as especificidades naturais e culturais das localidades.

Assim, busca-se a melhoria da condição de vida das pessoas envolvidas (comunidades e turistas), alcançando o objetivo fim deste módulo que é fortificar as bases do empreendedorismo social, canalizado e potencializado, para a capacidade de transformação da realidade local.  Atuaram de forma incisiva os representantes Fabiana Mendes e Marcos dos Santos do Instituto Estadual de Floresta/ Parque Estadual Serra do Intendente, Denise Araujo da prefeitura de Conceição do Mato Dentro e Gustavo Campos e Vilmar da Silva prefeitura de Santana do Riacho. E, a especial Rede Colaborativa constituída ao longo do evento formado por empreendimentos: Aconchego das Artes; Agência Bambu Aventura; Associação Amigos da Lapinha; Atitude Consultoria; Camping Bromélias; Casa da Árvore; Casas da Lagoa; Casas do Relton; Grafaya Artesanal; Pousada Cipó Brasil; Pousada da Lapinha da Serra; Receptivo Lapinha; Tia Cláudia Ecoturismo e Trekking Cipó.