Buscar
  • Ted Machado

Oficina de Planejamento Participativo (OPP) Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta

Atualizado: 12 de set.

Aconteceu, sexta feira dia 09 de setembro de 2022, a Oficina de Planejamento Participativo (OPP) de elaboração do documento Plano de Manejo do Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta. O evento contou com a participação da comunidade local e de entes governamentais e não governamentais do município de Santa Cruz Cabrália / BA, bem como de entidades regionais, nacional e de outras esferas de influências e relações. Assim, a Oficina promoveu um encontro de competências e dimensões representados pelo: poder fazer (entes governamentais), saber fazer (habilidades técnicas de biólogos, engenheiros, turismólogos etc.) e, querer fazer (determinação das comunidades). Todos em prol do bem comum, do Parque Marinho criado na forma da lei.


Oficina de Planejamento Participativo (OPP) Plano de Manejo do Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta Santa Cruz Cabrália BA
Oficina de Planejamento Participativo (OPP) Plano de Manejo do Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta Santa Cruz Cabrália BA

O Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta, criado por Lei municipal nº 140/1998, possui formação mista de recifes e bancos de areia de grande extensão e perpendicular a praia, até os grandes bancos de recifes. Sua importância se dá devido a biodiversidade da fauna e flora marinha. Mais recentemente, o Conselho Deliberativo do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) através de edital de apoio à Gestão Integrada em Unidades de Conservação (UC), selecionou a proposta que contemplava o Plano de Manejo do Parque Marinho Coroa Alta.


Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta Santa Cruz Cabrália BA
Parque Municipal de Preservação Marinha de Coroa Alta Santa Cruz Cabrália BA

A Oficina ocorreu na Câmara de Vereadores de Santa Cruz, onde os convidados foram acolhidos pelos representantes da casa e pelos organizadores da Oficina. Ao dar início aos trabalhos, de apresentação dos objetivos do Plano e do encontro, os participantes foram se apresentando ao longo do evento, registrando: representantes governamentais (Câmara de Vereadores, Escola Municipal, FUNAI, Gestora do Parque Municipal, Procurador do Prefeito, Secretaria Municipal de Meio Ambiente entre outros); representantes não governamentais (pessoas jurídicas - Agência Eco Brasil, Associação Comunitária Indígena, Associação Naval, Associações de Pescadores, Câmaras Técnicas, Comunidades indígenas, Escola de Mergulho, Floran - Engenharia do Meio Ambiente, Instituto Produzir Turismo e Produção Associada, Projeto Budiões, Projeto Coral Vivo, Restaurantes, Viagem20.com.br entre outros) e; Pessoas Físicas – indígenas, marisqueiras, moradores locais e distritais, pescadores artesanais entre outros interessados na causa. A Oficina Participativa se justificou dada a importância de ouvir as comunidades aqui representadas, e seus respectivos interesses, principalmente as comunidades que sobrevivem da pesca, dos mariscos e do turismo.


Representantes governamentais e não governamentias
Representantes governamentais e não governamentias

Os participantes aproveitaram a oportunidade e solicitaram aos facilitadores que explicassem sobre as categorias de UC’s e suas diferenças. Os facilitadores, baseados no SNUC, apresentaram os tipos de UC’s existentes para melhor atender aos anseios das comunidades indígenas, pescadores, marisqueiras, operadores do turismo entre outros, e aperfeiçoar enquadramento da tipologia da UC ao Parque Marinho de Coroa Alta. Neste momento foi reforçada a importância do Plano de Manejo, respondendo a perguntas e tirando as dúvidas mais acalorada da comunidade, bem como da formação do Conselho do Parque e suas diferenças para conselho consultivo e deliberativo e sua importância.


Apresentação dos tipos de UC's e dos conselhos
Apresentação dos tipos de UC's e dos conselhos

Após a explanação dos tipos de UC’s e dos conselhos, foi apresentada e aplicada a metodologia da matriz FOFA (Pontos Fortes: Forças / Oportunidades; Pontos Fracos: Fraquezas / Ameaças). Então, os participantes foram divididos em quatro grupos, conforme matriz, para elencarem em tarjetas os pontos positivos e negativos sobre o Parque Marinho e seu Plano de Manejo. Assim, todos tiveram a oportunidade de se expressar e registrar em tarjetas seus anseios e suas contribuições. Na certeza da continuidade dos eventos, a comunidade participou da Oficina com o sentimento de pertencimento ao patrimônio natural, assenhorando de seus sonhos e ideais.














Instituto Produzir

Difundindo a arte e o turismo da brava gente brasileira.


Ted Machado

Empreendedor Social

Instituto Produzir Turismo e Produção Associada




24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo