Turismo religioso gera negócios e Sebrae lança mapa

Turismo religioso gera negócios e Sebrae lança mapa
Por: Luiz Marcos Fernandes
Empreendedores do Pará se preparam para uma das maiores festas cristãs do país, o Círio de Nazaré, que acontece neste domingo (13), em Belém. A estimativa é superar os dois milhões de fiéis registrados em 2012. Outra data importante para os católicos é comemorada também neste fim de semana: o Dia de Nossa Senhora Aparecida. Diferentes manifestações religiosas, como a cultura gospel evangélica, com suas marchas e shows musicais, e o candomblé, estão atraindo investimento de pequenos negócios, movimentando economias locais em setores como indústria, comércio, serviços, turismo e artesanato, com geração de emprego e renda.
Na cidade de Abaetetuba, localizada a 120 quilômetros de Belém, os 100 profissionais da Associação dos Artesãos de Brinquedos e Artesanatos de Miriti de Abaetetuba (Asamab) já estão na etapa final da produção de aproximadamente 45 mil peças a serem comercializadas em Belém, na Feira de Artesanato do Círio. A feira já é tradicional, porém se profissionalizou nos últimos anos, a partir da parceria dos artesãos com o Sebrae. Para que esses empreendedores possam aproveitar as oportunidades geradas pelo turismo relacionado ao Círio, a instituição os orientou em aspectos como a padronização das barracas, a melhoria do acabamento das peças, a formação de preço, a organização das finanças e o atendimento ao cliente.
A cerca de 2 mil quilômetros do Pará, é o sincretismo religioso baiano que vem gerando boas oportunidades de negócio para o pequeno empreendimento, mais precisamente em Salvador. A capital baiana abriga os famosos terreiros de candomblé e eventos como a tradicional Lavagem do Bonfim, na segunda quinzena de janeiro. Para atender a esse movimento cultural e religioso, o Sebrae na Bahia lançou um mapa de oportunidades do turismo religioso. O material mapeia alguns dados, como o fato de que as festas religiosas e romarias atraem cerca de 1,5 milhão de visitantes por ano a um circuito que reúne municípios do interior do estado como Bom Jesus da Lapa, Canudos e Monte Santo. O material também apresenta os principais eventos ligados ao segmento na Bahia, destaca a legislação do setor, ressalta o perfil do turismo religioso e aponta o papel de o empreendedor contar com instrumentos como pesquisa de mercado e plano de marketing, tudo isso respeitando as particularidades ligadas à fé de cada manifestação religiosa.
http://www.mercadoeeventos.com.br