Tradição é destaque na rota da cachaça artesanal em Luís Alves


Cachaçarias começaram trabalhos na década de 1930, 1940 e 1950.
Nomes atuais são herança dos fundadores e marcam famílias e região.
Luíza Fregapani
Do G1 SC
Alambiques em Luís Alves
De colonização alemã e italiana, a cidade de Luís Alves, no Vale do Itajaí, é referência na produção de cachaça artesanal e aguardente. O local possui pelo menos oito alambiques. Os nomes fazem, em geral, referência aos fundadores e mantém viva a tradição das famílias produtoras.
A Destilaria Rech, que produz a cachaça Sacca, está na região desde 1938. A tradição é do meu avô, que produzia bem pouco, no início, e passou para o meu pai, explica Osmar Rech. A cana de açúcar é plantada no local e também comprada, assim como o melado. Produzimos cerca de 10 tipos. Como a produção de cachaça é grande precisamos comprar a matéria prima também, conta.
Segundo ele, são produzidas cachaça de melado e de garapa. A de garapa é menos procurada e por isso produzimos pouco. As mais vendidas são a branca e a ouro, ambas de melado. Já as de sabor, como de coco, banana e canela são muito vendidas para drinks, conta.
Cachaçaria Morauer está na terceira geração
A empresa começou a produzir, recentemente, vodka. É uma bebida mais elaborada. Algumas cachaças vendemos da forma que elas saem do alambique. A vodka já exige mais misturas e tempo, esclarece.
Já a Cachaçaria Wruck está na região desde 1942. Os destaques da produção são as cachaças com banana, pêssego, abacaxi, gengibre e canela. Inicialmente, em 1938, a empresa produzia açúcar mascavo, e com a sobra do melado, veio a ideia de produzir a cachaça.
Um dos diferenciais da empresa é a produção própria de cana-de-açúcar. Segundo informações passadas pela empresa, a plantação própria assegura características de sabor, pureza e qualidade.
Outra delas, fundada por Arno Ferdinando Morauer em 1955, está na terceira geração de administradores. Na época de criação, Arno saia de carroça para buscar melado de cana no interior da cidade para a produção. Um dos destaques é a fabricação de licores.
Visite as cachaçarias
Rech: (47) 3377-1936
Wruck: (47) 3377-0077
Morauer: (47) 3377-1156