Toledo(PR): Cooperativa de artesãos incentiva a produção local


O porquinho é o mascote de Toledo e utilizado em todos as lembranças da cidade
Quem passa pelo Terminal Rodoviário de Toledo tem a oportunidade de conhecer um pouco mais do artesanato local. É lá, em duas salas do piso superior, que a Cooperativa de Artesãos de Toledo (Cooarte) está instalada e exibe alguns dos produtos feitos pelos quase 80 cooperados.
Cada um contribui com alguma especialidade e assim a diversidade surpreende. Diferentes técnicas como pinturas, bordados, crochê, patcwork, feltro entre outras, dão cores e formas a objetos de utilidade variada, com panos de prato, porta-objetos, guirlandas e chaveiros.
Contudo, uma das atrações deste espaço são as lembranças que remetem a Toledo. Buscamos sempre trazer novidades porque tanto pessoas daqui levam para seus familiares quanto visitantes querem uma recordação da cidade, argumenta a presidente da cooperativa, Marilene Lessa de Lima. A figura do porco é a preferida pelos artesãos e utilizada em quase todas as recordações.
A boa aceitação dos produtos feitos por diversos artesãos de Toledo está incentivando a cooperativa a estudar a instalação em um novo ponto, mais na região central. Segundo Marilene a entidade quer oferecer cursos a seus associados, porém o espaço localizado na Rodoviária não comporta essa necessidade. Estamos buscando um espaço maior para esse objetivo e também para mostrar o nosso produto a quem não vem até a Rodoviária, indica e afirma que mesmo assim a cooperativa não irá fechar o espaço já conquistado há cerca de oito anos no Terminal. Temos um bom retorno com a nossa sala, garante e complementa ela é a nossa vitrine.
À MOSTRA
Além da vitrine na Rodoviária, a Cooarte sempre está inserida nos eventos de Toledo e região. Festas e feiras contam com a presença dos artesãos que buscam mais oportunidades de comercializarem seus produtos.
A feira realizada aos domingos no Parque Ecológico Diva Paim Barth, a partir das 17h em frente ao Horto é mais uma forma de chegar perto do público. Os cooperados também participam da Feira do Produtor no Centro, todas as quartas-feiras.
Fonte: Jornal do Oeste