Silvânia, Vianópolis, Orizona e Leopoldo de Bulhões têm mais de cem artesãos cadastrados no Programa do Artesanato Goiano


Célio Silva
www.goiasagora.go.gov.br
É cada vez maior o número de artesãos e de trabalhadores manuais cadastrados pelo Programa do Artesanato Goiano, da Secretaria de Indústria e Comércio, em parceria com o Ministério da Micro e Pequena Empresa do Governo Federal. Até o momento, foram cerca de 40 municípios já alcançados e a aceitação tem superado as expectativas, de acordo com a avaliação do gerente de Arranjos Produtivos Locais e Artesanato da SIC, André Franco.
A equipe da Superintendência de Microempresas da SIC nem bem desembarcou da maratona de cadastramento pelos municípios do Entorno, regiões Central, Sul e outras, já prepara a campanha de cadastramentos na regiões Norte e do Entorno do Distrito Federal.
Em Porangatu, o cadastramento será feito nos dias 26 e 27 próximos e, Mara Rosa, dia 28; Cristalina, dias 10 e 11 de março, e Alexânia, dias 13 e 14. Na próxima semana, a equipe do Programa do Artesanato Goiano fará a entrega de 133 carteiras a artesãos e a trabalhadores manuais da Região do Sudoeste Goiano, nas cidades de Rio Verde, dia 19; Jataí, dia 20, e Mineiros, dia 21.
Até o momento, foram cadastrados os artesãos e trabalhadores manuais dos seguintes municípios: Pirenópolis (116), Vianópolis (60), Mineiros (59), Ipameri (47), Silvânia(45), Formosa(42), Jataí(41 ), Cidade Ocidental(40 ), cidade de Goiás (39 ), Goiânia (37), Rio Verde(32), Luziânia(31), Buriti Alegre(30), Caldas Novas (28), Padre Bernardo (21).
E, ainda, Valparaíso (21), Orizona (20), Itumbiara (19 ), Águas Lindas de Goiás (17), Posse (13), Aparecida de Goiânia (13), Anápolis (12), Piranhas (9), Catalão (9), Trindade (8 ), Planaltina de Goiás (6), Rio Quente (6 ), Hidrolândia (5), Leopoldo de Bulhões (3), Córrego do Ouro (1), Goianira (1) Itapuranga (1), Morrinhos (1), Piracanjuba (1), Portelândia (1), Ouvidor (1) e Terezina de Goiás (1).
Destes, 481 já receberam as carteiras. Nas próximas semanas serão entregues mais 133 aos artesãos e trabalhadores manuais de Rio Verde, Jataí e Mineiros.
http://www.radioriovermelho.com.br/