Paraíba: Salão de Artesanato expõe peças produzidas em presídios do Estado


O estande com as peças produzidas pelos reeducandos das unidades prisionais da Paraíba tem atraído a atenção dos visitantes do 19º Salão de Artesanato da Paraíba. Os produtos são resultado do programa Cidadania é Liberdade, que é desenvolvido pela Gerência de Ressocialização da Secretaria de Administração penitenciária (Seap).
Entre as produções estão miniaturas de casas e utensílios para cozinha feitos de madeira, pinturas, bonecas de pano, blusas de crochê e objetos feitos de sabonete. O Salão segue aberto até o dia 26 de janeiro, com visitação gratuita no Jangada Clube, em João Pessoa.
Com esta venda, a renda de cada participante é dividida em duas partes iguais, sendo uma delas revertida para a compra de matéria-prima e utensílios de fabricação artesanal, e a outra metade é colocada em uma conta bancária do autor das peças.
Unidades participantes
As peças foram produzidas no Presídio Padrão de Catolé do Rocha; Penitenciária de segurança Máxima criminalista Geraldo Beltrão; Penitenciária de Recuperação Feminina Maria Júlia Maranhão; Presídio Regional de Campina Grande; Presídio Padrão de Santa Rita e Cadeia Pública de Mamanguape.
O 19º Salão de Artesanato da Paraíba é uma promoção do Governo do Estado, por meio do Programa de Artesanato da Paraíba, que é vinculado à Secretaria de Estado do Turismo e do Desenvolvimento Econômico. O Salão funciona diariamente das 15h às 22h, até o dia 26 de janeiro com visitação gratuita.
Fonte: Paraíba Total