No AP, artesão usa madeira reciclável para produzir instrumentos musicais

No AP, artesão usa madeira reciclável para produzir instrumentos musicais
Homem trabalha com a produção de tambores há mais de 20 anos.
Arte é repassada para jovens através do projeto Banzeiro do Brilho de Fogo.
Dyepeson Martins
Do G1 AP
Pedro Rosário dos Santos, mais conhecido como Pedro Bolão, de 53 anos
Artesão há mais de duas décadas, Pedro Rosário dos Santos, mais conhecido como Pedro Bolão, de 53 anos, é um dos criadores do projeto Banzeiro do Brilho de Fogo, lançado neste sábado (17), na comunidade do Curiaú, a 7 quilômetros de Macapá. No programa, o artesão ensina jovens e crianças a confeccionarem instrumentos musicais com madeira reciclável. Para ele, as aulas repassam um ofício que acompanha a preservação da cultura amapaense.
Madeira é reciclada pelo artesão e tranformada em tambores
Pedro diz que a madeira descartada por muitas comunidades se torna valiosa quando é transformada em tambores, como caixas de marabaixo, amarradores e dobradores, típicos da cultura do marabaixo e do batuque.
Essa madeira é jogada fora e eu acabo recolhendo para produzir os instrumentos. As pessoas descartam sem pensar o quão valioso esse material pode se tornar. A ideia não é só ensinar o que eu sei, mas também mostrar um pouco mais da nossa cultura quilombola que é muito importante para o estado, disse o artesão.
Aulas para confecção de instrumentos ocorrem aos sábados e domingos
As aulas têm duração de duas horas e são oferecidas gratuitamente aos sábados e domingos. A oficina segue até dezembro de 2014, quando ocorrerá a última, das três etapas que constituem o projeto. Nesta última fase, os alunos irão para as ruas e avenidas de Macapá tocar músicas regionais usando os instrumentos produzidos nas aulas.
De um a dois meses o jovem já vai estar apto para fazer um tambor. Cada um é vendido ao preço de R$ 250, isso pode ajudar muita gente a melhorar a renda da família, reforçou Pedro Bolão, que em 2013 percorreu o Brasil ensinando a jovens e crianças a arte da confecção dos instrumentos que fazem parte da cultura negra do Amapá.