Mercado do Artesanato de Maceió é opção de compras para o final do ano

As lojas e corredores estão repletos de itens para quem ainda não preparou sua casa ou empresa e procura uma decoração mais rústica
Mercado do Artesanato tem várias opções de compras
O clima de final de ano invadiu o Mercado Público do Artesanato. Nessa época, a beleza cultural e o tradicional colorido do Mercado ganham reforço com os temas natalinos. Quem ainda não se preparou para receber os festejos, pode encontrar diversas opções em decoração, vestuário e presentes no espaço gerido pela Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária (Semtabes).
As lojas e corredores estão repletos de itens para quem ainda não preparou sua casa ou empresa e procura uma decoração mais rústica. São árvores de natal, presépios, anjos, guirlandas, estrelas, enfeites, tudo em materiais da terra. Cipó, sisal, pinhas, romãs, cabaça, trigo, bucha e cana da índia são alguns dos materiais que servem de matéria prima para uma infinidade de artigos que ganham nova vida nas mãos de artesãs como Silvia Maria.
É da arte que ela tira o sustento da casa e dos dois filhos. Há 20 anos ela capricha nos mostruários de época, como a Páscoa e principalmente o Natal. Os anjos e as árvores, em especial chamam a atenção na loja dela. O conhecido pinheiro é substituído pelo bambu, ao invés de bolas de plástico ou acrílico industrializados, os adereços são naturais: casca de laranja desidratada, pinhas e pequenas cabaças.
A decoração rústica fica muito bonita. Tem gente que vem me procurar todos os anos. Os preços variam. Uma árvore de oitenta centímetros, por exemplo, custa R$25. Já a de dois metros e meio pode chegar a R$100, enumera a artesã.
Foto: Marco Antônio. Presépios são outra opção de decoração
Os presépios em gesso, barro ou cerâmica são um atrativo à parte na Loja Padre Cícero. Lá é possível encontrar as figuras que remontam ao natal bíblico: o Menino Jesus na manjedoura, a virgem Maria, São José, os pastores e ovelhas. Tudo isso, a comerciante Aline Barros encomenda e revende. Mas basta um rápido olhar para perceber que, além desses, há muitos outros itens para os festejos. Os enfeites, in natura ou incrementados com purpurina dourada, são bastante procurados pelos clientes. Aline exibe as flores de esponja vegetal e outros adereços com muito orgulho.
As opções seguem distribuídas por todo o Mercado. São toalhas de mesa, cortinas, redes e rendas. Quem deseja presentear amigos e parentes pode escolher entre os enfeites para o lar, bolsas, calçados, chapéus, redes ou brinquedos artesanais confeccionados em couro, tecido, argila, coco e madeira.
Mas nas duas lojas da comerciante Reyva Lanuza, a procura maior é pelos vestidos, blusas e peças que incrementem o visual, sobretudo das mulheres. Segundo ela, nesta época do ano aumenta a procura por modelos leves, porém elegantes. Para agradar todos os gostos, ela aposta na diversidade.
A cor mais procurada é a branca, que é para o Ano Novo. Por isso, nós temos vestidos em tecidos como o crepe, filé e renascença, disse Reyva.
Revitalização
Segundo a secretária do Trabalho, Abastecimento e Economia Solidária, Solange Jurema, o Mercado do Artesanato não é só visitado por turistas, mas também por quem vive na nossa cidade e busca algo diferente para decorar suas casas, seus negócios. Essa renovação que vem acontecendo no Mercado do Artesanato mostra o compromisso da gestão do prefeito Rui Palmeira com o artesanato, a cultura e a geração de renda em Maceió.
Em julho deste ano, o espaço recebeu o projeto Tudo de cor para você. O Mercado ganhou novas cores por meio de uma parceria entre a Prefeitura e a iniciativa privada.
Uma parceria como essa, com as Tintas Coral e as Casas Jardim, que possibilitou a revitalização da pintura do Mercado do Artesanato, é muito importante. Nossa intenção é fazer melhorias no local para o maceioense e também para os turistas que nos visitam. Entendemos que muitas coisas precisam ser feitas e estamos trabalhando para isso, destacou Solange.
Toda essa diversidade está à disposição de maceioenses e turistas. O Mercado Público do Artesanato está localizado no bairro da Levada e funciona das 07h às 17h de segunda a sábado e de 07h ao meio-dia aos domingos.
http://www.tribunahoje.com