Inscrição para expor artesanato durante a Copa vai até sexta

Projeto Brasil Original, do Sebrae-SP, abre espaço para produtores nacionais mostrarem trabalhos durante a competição
Vai até esta sexta-feira, 25, a inscrição para o Projeto Brasil Original, que vai expor o trabalho de 120 produtores de artesanato em São Paulo, durante a Copa. O edital está no site do Sebrae-SPFoto: Adenilson Nunes/SECOM
Artesãos de todo o território nacional têm até sexta-feira, dia 25, para se inscrever no Projeto Brasil Original, que vai abrir um privilegiado espaço de exposição e venda de trabalhos em São Paulo, durante o período da Copa do Mundo.
O projeto, idealizado pelo Sebrae-SP, vai selecionar até 120 unidades produtivas dentre associações, cooperativas, ou artesãos individuais. Aos escolhidos, será aberto um espaço de comercialização no centro de São Paulo, entre 12 de junho - dia do jogo de abertura da Copa - e 13 de julho, data da final do torneio. A ideia é justamente aproveitar toda a movimentação em torno do evento para apresentar ao público o artesanato brasileiro.
O edital para se inscrever no Projeto Brasil Original, que está no site do Sebrae-SP, restringe a participação a unidades produtivas que estejam regularmente formalizadas. No entanto, artesãos ou entidades não formalizados também podem participar do processo de seleção, desde que assinem um termo de compromisso de formalização. Segundo o documento, os escolhidos informais terão até um mês para se regularizarem.
Na inscrição, as unidades produtivas e artesãos já deverão apresentar até cinco produtos, com preço definido, para serem comercializados no espaço. Um trabalho de curadoria será feito para analisar se os produtos estão de acordo com as especificações apresentadas no edital.
A iniciativa faz parte do Programa Sebrae 2014, que identificou 929 oportunidades de negócios nas 12 cidades-sede, em áreas como agronegócio, construção civil, moda, turismo, artesanato, economia criativa, serviços, comércio varejista, madeiras e móveis, e tecnologia da informação.
http://economia.terra.com.br/