Governo cadastra artesãos em Água Branca

Governo cadastra artesãos em Água Branca
Durante a 1ª Feira do Artesanato Aguabranquense, realizada na última quinta-feira (3), mais de 70 artesãos do município de Água Branca receberam a Carteira do Artesão, documento que oferece diversos benefícios aos produtores locais. A ação foi organizada pela Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), coordenadora do Programa do Artesanato Brasileiro em Alagoas (PAB-AL). O município passa a possuir mais de 200 artesãos inseridos no Sistema de Cadastramento do Artesanato Brasileiro (Sicab).
O Sistema coleta dados sobre o setor artesanal, cadastrando artesãos brasileiros, unificando as informações em âmbito nacional. Os dados são coletados pelas Coordenações Estaduais de Artesanato, por meio de entrevista com os artesãos, através de formulários elaborados pelo PAB e as Coordenações Estaduais, o cadastro integrado além de facilitar a busca de informações, permitirá a geração de relatórios consolidados com identificadores padronizados.
De acordo com a diretora de Design e Artesanato da Seplande, Dyslene Teles, o número de artesãos inscritos em Água Branca cresce graças ao apoio do Governo do Estado. O artesanato alagoano se fortalece com os incentivos governamentais. No município pudemos ver que a atividade se torna a principal fonte de renda de algumas famílias, disse.
Para a primeira solicitação da Carteira do Artesão, é necessário participar de uma entrevista com as técnicas do Programa, fornecer os dados pessoais completos e realizar, no momento, uma demonstração da sua arte. Os documentos necessários são: Registro Geral (RG), Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de residência e duas fotos 3X4.
Fonte: Agência Alagoa