Desenvolve firma termo de cooperação que beneficia mais mil artesãos

Desenvolve firma termo de cooperação que beneficia mais mil artesãos
A Desenvolve - Agência de Fomento de Alagoas assinou, nesta quinta-feira (21), um termo de cooperação técnico-operacional junto à Prefeitura de Coruripe e a Agência de Desenvolvimento Sustentável de Coruripe (Adelisco), para promover ações que privilegiem os artesãos do município.
Durante o evento, o gestor de projetos da Desenvolve, Thiago Pires, apresentou a linha de crédito Desenvolve/BNDES - o financiamento disponível para os artesãos - e os critérios por ela exigidos. O objetivo da Agência é além de fornecer o crédito, gerar sustentabilidade financeira aos futuros clientes.
A iniciativa visa implementar ações conjuntas para o desenvolvimento do acesso a financiamentos, com facilidades e acompanhamento do crédito oferecido. Os artesãos de Coruripe podem contar com o auxílio da Desenvolve para manter e produzir ainda mais os seus artesanatos, explicou Thiago Pires.
De acordo com o presidente da Adelisco, Manoel Santos, o processo de atendimento terá início em setembro, para em seguida começarem as visitas de acompanhamento do crédito solicitado junto à Desenvolve.
Iremos iniciar a capacitação de pessoas que possam atender os mais de mil artesãos cadastrados, nas 60 associações parceiras da Adelisco. Estamos trabalhando para que o artesão coruripense possa se desenvolver e crescer com o que produz. Depois de Maceió, Coruripe é segundo município em número de cadastros de artesões, pontuou Manoel Santos.
A solenidade ocorreu na sede da Adelisco com a presença de mais de cem artesãos. O prefeito de Coruripe; o secretário Municipal de Indústria, Comércio e Economia Solidária; Dyslene Teles, coordenadora de Design e Artesanato da Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande) e o presidente da Adelisco, Manoel Santos, participaram do evento.
Emissão e renovação de documento
Após a assinatura do termo de cooperação, a Seplande e a Adelisco iniciaram o trabalho de emissão e renovação das carteiras nacional de artesão, que servem como identidade e comprovação do profissional.
A coordenadora da Seplande, Dyslene Teles, indica que o documento proporciona uma série de benefícios aos artesãos, como a participação em feiras do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), capacitações, crédito e financiamentos. Outro benefício é a isenção do ICMS. O documento tem validade de quatro anos, sendo aceito em todo território nacional.
Nosso trabalho é atualizar e emitir novas carteiras, já que Coruripe tem muita tradição no artesanato. Muitos destes documentos foram emitidos a mais de seis anos. Por este motivo, fizemos um trabalho de mobilização e trouxemos uma equipe técnica para atender estes profissionais, frisou Dyslene Teles.
http://aquiacontece.com.br/