Cooperativa de costureiras e Centro de artesanato

PORTO REAL
O município poderá ser contemplado com a criação de uma cooperativa de costureiras e um Centro de Artesanato de artesão. Pelo menos no que depender da vereadora Roberta Rosário (PMDB).
A vereadora disse que está otimista pela possível criação de um galpão municipal para abrigar as atividades realizadas pelas costureiras do município. Ela teve aprovada no mês passado a indicação de número 147/2013 solicitando que a prefeitura ceda um galpão que possa sediar as atividades destas profissionais, o que incluiu a possibilidade de parcerias com o comércio local e própria prefeitura para o escoamento da produção e consequente geração de trabalho e renda. No final de setembro, a prefeitura por meio do oficio 817/2013 (GP) afirmou que a administração municipal tentará viabilizar a proposta de criação do galpão, por meio da secretaria municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda. Na sessão do último dia 23, a vereadora voltou ao tema ao propor, por meio de outra indicação aprovada pela Casa, a construção de um Centro de Artesanato onde funcionariam a criação e comercialização dos trabalhos manuais desenvolvidos pelos artesãos da cidade.
Ao comentar sobre as costureiras, Roberta disse que a proposta foi bem aceita pelo secretário de Trabalho e Renda, Eduardo Linhares, com quem esteve reunida recentemente para tratar do assunto. As costureiras estão organizadas, já me procuraram, estamos reunindo estas profissionais e quem sabe daí poderá nascer um projeto maior, disse a vereadora.
Já em relação aos artesãos, a parlamentar revelou que a ideia é criar na cidade um espaço que integre as atividades de escola e feira de artesanato, onde os munícipes interessados possam ter acesso gratuito a variados cursos de artesanato ministrados por uma equipe de artesãos locais. Essa indicação é bem importante, tendo em vista a grande quantidade de artesãos. Portanto é importante que a prefeitura disponibilize um local para que eles fabriquem e comercializem seus produtos, justificou Roberta.
Por sua vez, o vereador Gilberto Caldas (PSL) disse que a cidade está precisando de incentivo para que profissionais e artistas desenvolvam suas aptidões.
http://www.avozdacidade.com