Coleções artesanais diferenciadas podem ser vistas em Salão Internacional, em Brasília

O capricho dos bordados de ponto cruz e crochês feitos na Cooperativa das Bordadeiras Lili Escórcio é o diferencial do trabalho das 26 artesãs que agregam valor e geram renda com a venda de seus produtos. Criada em 2010, a cooperativa do município Buriti dos Lopes, no Piauí, é um dos grupos produtivos do projeto Talentos do Brasil Moda que está presente no 6º Salão Internacional do Artesanato até domingo (10), em Brasília.
Viajamos o País todo para mostrar nosso trabalho com o Talentos do Brasil, comemora a presidente da Cooperativa Ana Lúcia Carvalho, 51 anos, que também é artesã e pescadora. Ela trouxe para expor e vender no evento: panos de bandeja e para fogão, toalhas para cesto de pão, para lavabo e para mesa, caminho de mesa, além de almofadas. Na minha terra, a fonte de renda para as mulheres é a pesca e o bordado e, com o projeto, melhorou muito a qualidade de vida porque a renda dos produtos fica para as artesãs e só uma parte vai para a cooperativa comprar a matéria-prima, explica Ana.
A artesã destaca que o intuito de participar de feiras não é ter sempre um retorno financeiro imediato. Fazemos contato e depois chegam os pedidos. No mês passado, entregamos 30 almofadas, no total de R$ 900, para uma loja em Alagoas e estamos com a encomenda de 22 almofadas para uma pousada no Piauí, conta.
Talentos do Brasil Moda
Além da Cooperativa das Bordadeiras, há mais nove grupos no espaço do Talentos do Brasil Moda, no 6º Salão. Os itens são confeccionados pelas mãos de artesãs e artesãos dos estados da Bahia, da Paraíba, do Piauí, do Maranhão, de Pernambuco, do Rio Grande do Sul e de Mato Grosso do Sul.
O Talentos do Brasil une agricultoras-artesãs de 12 estados brasileiros, estruturadas em 15 grupos produtivos constituídos em sua maioria por mulheres. Organizadas e qualificadas em comunidades rurais, os produtos de moda e acessórios feitos à mão geram coleções únicas, que representam a biodiversidade e a criatividade regionais. O projeto gera renda e qualidade de vida para as artesãs e suas famílias.
Consultoria
O projeto Talentos do Brasil recebe uma consultoria especializada em promoção comercial que visa atender o mercado atacadista, lojista e o consumidor direto. Com essa consultoria, os grupos produtivos de artesãs e artesãos participam de oficinas e agregam no trabalho o Conceito de Produto Estrela, ou seja, cada grupo tem um tipo de produto-chave que é uma especialidade e o mais vendável da produção.
Criado em 2005, o projeto Talentos do Brasil é uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário, por meio da Secretaria da Agricultura Familiar, em parceria com o Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Ministério do Turismo, com apoio da Associação Brasileira da Indústria Têxtil (Abit) e a Agência de Cooperação Alemã, (GIZ).
O evento
O Salão Internacional do Artesanato reúne expositores nacionais e internacionais que comercializam e expõe artigos ligados à produção artesanal. São produtos de decoração, acessórios, culinária, confecção e arte. O evento gera 20 mil empregos indiretos e movimenta, anualmente, cerca de R$ 6 milhões, entre negócios gerados na feira e negócios futuros. A feira reúne mais de cem estandes e quase 400 expositores no pavilhão de exposições do Parque da Cidade.
Serviço
Talentos do Brasil MODA no Salão Internacional do Artesanato
Data: de 6 a 10 de novembro (quarta-feira a domingo)
Hora: das 11 às 22 horas (de quarta a domingo)
Local: Expobrasília - Parque da Cidade - Brasília/DF (estande nº 157)
Entrada franca até às 16 horas
Clique aqui para outras informações.
Por: Silvana Gonçalves
http://www.jornaldiadia.com.br