BNDES apoia cooperativa de recicladores de Uberlândia


Projeto será apoiado com R$ 280,5 mil não reembolsáveis
O BNDES aprovou a concessão de apoio financeiro não reembolsável de R$ 280,5 mil à Cooperativa dos Recicladores de Uberlândia (Coru), para ampliação da infraestrutura necessária à coleta, triagem e comercialização de materiais recicláveis.
O apoio, que representa 87,41% do total a ser investido no projeto, acontece no âmbito do Acordo de Cooperação Técnica BNDES-Banco do Brasil, com recursos do BNDES Fundo Social. Também serão aplicados recursos próprios e do BB.
As ações contemplam a aquisição de máquinas e equipamentos para agregar valor aos produtos e aumentar renda; de um caminhão, para aumentar a quantidade de material coletado; e de ferramentas para produção de artesanato. Os cooperados terão ainda cursos de capacitação técnica em artesanato com materiais recicláveis.
Também está prevista a contratação de serviços especializados para a cooperativa, visando aprimorar o sistema produtivo e implementar estudos de logística de coleta, engenharia de produção, segurança do trabalho e mercado do comércio de materiais recicláveis.
A cooperativa foi constituída em 2003 e conta com 22 cooperados, com renda média mensal de R$ 540. A Coru comercializa anualmente cerca de 259 mil toneladas de material reciclável.
Desde 2006, o BNDES investiu R$ 137 milhões em projetos para catadores de matérias recicláveis. Em 2013, o Banco apoiou projeto de ampliação de coleta seletiva do governo do Distrito Federal com R$ 21,3 milhões e iniciativa semelhante do município de Osasco (SP) com R$ 6,6 milhões.
Para ler notícias em tempo real, acesse: http://www.ultimoinstante.com.br