Artesãos nacionais e internacionais se reúnem em Festival de Esculturas

Artesãos nacionais e internacionais se reúnem em Festival de Esculturas
Evento movimenta turismo em Coronel Xavier Chaves.
Encontro busca dar visibilidade ao talento dos moradores da cidade.
Do G1 Zona da Mata
A cidade Coronel Xavier Chaves, com pouco mais de 3.400 habitantes, recebe desde o início do mês de agosto, a 3ª edição do Festival de Escultura em Pedra. O município é reconhecido pelo talento com as pedras e o trabalho é responsável por movimentar 40% da economia na região.
Artistas de Portugal, Canadá, Itália, Equador e dois brasileiros trabalham em praça pública lapidando diversos tipos de pedras, cenas que relembram a vida de Jesus antes e depois da morte e integram a equipe de escultores que participam do evento que este ano terá como tema a via crúcis, que será exculpada artesanalmente pelos artesãos.
Ainda durante o festival é realizada uma oficina de argila. O artesão que mora na cidade, Davi Eduardo Fuzatto, acredita que o festival serve também para conhecer novas técnicas, linguagens e ainda tornar conhecida a identidade da cidade do interior. O artista está produzindo os passos da via crúcis, baseada na cena em que Jesus é condenado à morte. É uma interação muito boa, eles trazem ferramentas diferentes e nós mostramos ferramentas que desenvolvemos. Nós interagimos e fazemos uma troca boa de conhecimento, afirmou.
Os moradores da cidade acompanham o desenvolvimento das esculturas e aguardam o resultado final ansiosos. Tem que ser muito artista, você ver a pedra bruta se transformar em uma arte é maravilhoso, disse a artesã Wanilda de Fátima Souza.
Segundo o organizador do evento, Ronildo Assis de Oliveira, a ideia principal é dar visibilidade ao pequeno município. Nós buscamos na escultura, que já é culturalmente uma ação da cidade, promover o desenvolvimento econômico do local, explicou.
A expectativa é de que quase 30 mil pessoas visitem a cidade durante o festival, que está localizada próxima a Tiradentes e São João Del Rei. Depois que todas as obras forem finalizadas, serão avaliadas e no fim do mês será divulgado o vencedor do festival.