Artesão se inspira em fósseis para criar arte em Nova Olinda, no CE


Ele cria os desenhos na pedra Cariri.
Preços variados vão de R$ 2,00 até R$ 700,00.
Do G1 CE
A Região do Cariri é rica em fósseis, os vestígios de milhoes de anos encontrados na natureza. E em Nova Olinda, a 546 Km de Fortaleza, um artista faz arte inspirado nos fósseis, mas o uso da pedra Cariri. Tudo dentro da legalidade.
Nova Olinda fica na Chapada do Araripe e é conhecida em todo mundo por ser rica em fósseis e em calcário laminado. Há 20 anos o artista José Filipe Ferreira descobriu uma maneira especial de apresentá-las para os turistas.
Comecei fazer como um hobby, uma brincadeira. Ai surgiu a ideia de ganhar um dinheirinho com elas, explica o artista.
A região da Chapada do Araripe fica localizada em uma Bacia Sedimentar rica em reserva fossilífera e bem preservados. O primeiro registro de um fósseis achados na região data uns 200 anos. Já foram encontrados na região fósseis com mais de 145 milhões de anos. Comercializar fósseis é crime federal. Por isso, José Filipe Ferreira teve a ideia de trabalhar com a pedra Cariri.
Foi assim que o artesão Felipe encontrou a solução de agradar turistas e respeitar a lei. A gente faz os desenhos na própria pedra. E fica muito parecido com fósseis. Quem é leigo e não conhece pensa que se trata de um fóssil.
As técnicas e como trabalha na pedra ele não conta para ninguém. Ele trabalha também com souvenir e grava até rostos dos visitantes no calcário.
Os trabalhos envolvem toda a família. A esposa Maria das Graças diz que acorda cedo e adora trabalhar nos polimentos das pedras. Eu acordo cedo e desde às 5 horas da manhã eu faço os polimentos das pedras e de outros materiais. Já faz parte do costume.
O produto mais usado pelo Filipe é a Pedra Cariri que é vendida a R$ 10,00 o metro quadrado. As peças do José Filipe têm preços variados. Custam em média de R$ 2,00 a R$ 700,00. Um bom exemplo da arte que alimenta a família e que ajuda a preservar a história.