Artesanato produzido por reeducandas poderá ser conferido em Bazar no Fórum de Palmas

Artesanato produzido por reeducandas poderá ser conferido em Bazar no Fórum de Palmas
Em sua terceira edição, o Bazar Três Pontos poderá ser visitado até a sexta-feira, 4, das 8h às 11h, e das 14h às 18h, numa iniciativa da Defensoria Pública do Tocantins
Contribuir com a geração de renda das reeducandas e de sua família, bem como para a remissão da pena são alguns dos objetivos de mais uma mostra de artesanato, que acontece a partir desta terça-feira, 1º, no hall do Fórum Central de Palmas.
Em sua terceira edição, o Bazar Três Pontos poderá ser visitado até a sexta-feira, 4, das 8h às 11h, e das 14h às 18h, numa iniciativa da Defensoria Pública do Tocantins, sob a coordenação da defensora pública Maurina Jácome e da assistente social do Serviço Social/Criminal, Simone Martins.
São tapetes almofadas, colchas, pesos de porta, jogos de mesa, sandálias, todos feitos com crochê, expostos para comercialização, sob a responsabilidade das reeducandas Sebastiana Gama de Sousa e Maria de Jesus Oliveira Brito, da Unidade Prisional Feminina de Palmas, escolhidas entre as demais reeducandas e autorizadas a participar da mostra pelo juiz Rodrigo da Silva Araújo.
Toda renda proveniente da comercialização das peças será integralmente repassada as reeducandas, que a utilizam para arcar com custos de materiais para produzir novas peças, alimentação, material de higiene, bem como ajuda aos familiares.
O Bazar Três Pontos é uma referência a trabalho, liberdade e geração de renda, e vem contribuindo de forma significativa para a ressocialização das reeducandas, possibilitando sua inserção no mercado de trabalho.
http://surgiu.com.br