Artesanato ganha loja conceito Brasil Original em Palmas


O Sebrae Tocantins vai apresentar nos meses de abril e maio a riqueza do artesanato tocantinense e de mais seis estados na Loja Conceito Brasil Original, no Capim Dourado Shopping, em Palmas. O espaço é destinado à comercialização de produtos do artesanato com alto valor agregado. O lançamento do espaço será na próxima terça-feira, dia 22, às 19h30.
A Loja Conceito Brasil Original é uma estratégia de promoção e comercialização de produtos artesanais, que tem objetivo de divulgar, promover e comercializar o artesanato tocantinense. Além disso, a ideia é estimular o mercado local para o consumo de produtos artesanais produzidos pelos pequenos negócios.
Para o presidente do Sebrae Tocantins, Roberto Magno Martins Pires, essa é uma importante ação de mercado. Nosso objetivo é viabilizar para os artesãos um local estratégico para realizarem negócios e divulgarem os produtos genuinamente tocantinenses, comenta o presidente, acrescentando que o Selo Brasil Original faz parte das estratégias do Sebrae de preparar os grupos de artesanato local na criação e comercialização de produtos diferenciados e com forte valor cultural agregado.
Espaço
Pensando na estratégia de acesso a mercado é que o Sebrae Tocantins organizou a loja, onde serão apresentadas peças de cerâmica, fibra, renda, bordados, capim dourado, babaçu, madeira e palha. Também haverá um ambiente onde os mestres artesãos vão demonstrar como produzem suas peças, além de apresentações culturais, desfiles e vitrine viva.
Para a artesã de Tocantinópolis Leila Beatriz Reis, a Loja Brasil Original é uma ideia que vai otimizar os pequenos negócios na área do artesanato tocantinense. Não é somente a venda em si. É posicionar e valorizar o artesanato no mercado local e fazer contatos com mercado externo, analisa a artesã, que terá seus produtos na loja. Segundo ela, a maior dificuldade do artesão atualmente é vender seu produto. O Sebrae, através da Loja Brasil Original, vai ser essa ponte que vai ligar direto o artesão com o consumidor, afirma.
Os produtos artesanais são fruto do trabalho de artesãos de 31 associações de municípios do Tocantins e dos estados da Bahia, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande Sul. As peças terão valores que variam de R$ 1 a R$ 600.
http://conexaoto.com.br/