Agricultores familiares já contrataram R$ 15,2 bilhões do Pronaf


Safra 2013/2014
Número de operações contratadas também bateu o recorde do período e atingiu 1,4 milhão
por Portal BrasilPublicado: 20/03/2014 16:05Última modificação: 20/03/2014 16:05
É crescente o volume de crédito aplicado pelos agricultores familiares brasileiros. O Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) emprestou R$ 15,2 bilhões nos oito meses da safra atual - de 1º de julho de 2013 a 28 de fevereiro de 2014.
O valor supera o contratado no mesmo período em todas as safras anteriores e equivale ao recurso total aplicado pelo setor na safra 2011/2012. O número de operações contratadas também bateu o recorde do período e atingiu 1,4 milhão.
O total de contratações e o valor mostram, pelo terceiro ano consecutivo, o bom momento que vive a agricultura, de modo geral, e que os agricultores familiares continuam otimistas em relação a novos investimentos, avalia o secretário da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Valter Bianchini. A projeção é que estaremos muito perto de aplicar todo o valor disponibilizado para a safra, de R$ 21 bilhões, completa.
O secretário observa que, nas operações contratadas, há investimentos e custeio para ampliar produtividade e aumentar a produção e a renda, o que resulta em melhores condições de vida para toda a agricultura familiar e amplia a segurança alimentar do País.
Bianchini assinala uma conquista histórica para os movimentos sociais e a Marcha das Margaridas: as mulheres foram responsáveis por 25,6% das operações contratadas, com R$ 2,4 bilhões aplicados (18,8% do valor total emprestado até o momento). Dos R$ 15,2 bilhões, R$ 525 milhões são de operações coletivas ou contratadas por organizações econômicas da agricultura familiar.
O aumento do volume de operações está relacionado com a adimplência dos agricultores familiares, aos movimentos sociais que representam a agricultura familiar, à melhoria das ações dos agentes financeiros que operam com o crédito rural do Pronaf, ao comportamento dos preços dos produtos alimentares produzidos pelos agricultores familiares e aos mecanismos de seguro e de garantia de preços.
Deve-se, ainda, aos serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), a exemplo da Chamada Pública n° 07, voltada para a promoção da agricultura sustentável na cadeia produtiva do leite. A chamada, no valor de R$ 122,2 milhões, beneficia 35 mil famílias produtoras de leite, em 13 estados.
Custeio e investimento
Do total de contratos, 888 mil foram de investimento (R$ 7,9 bilhões), enquanto 505 mil foram para custeio (o que corresponde a R$ 7,2 bilhões).
Produção agrícola e pecuária
Dos R$ 15,2 bilhões contratados, R$ 8,6 bilhões foram destinados à produção agrícola. O valor financiado para a pecuária foi de R$ 6,5 bilhões.
As informações do crédito contratado foram fornecidas pela Diretoria de Organização do Sistema Financeiro e Controle de Operações do Crédito Rural (Diorf), Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop), do Banco Central, que gerencia o Sistema de Operações do Crédito Rural e do Proagro (Sicor).
Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário