Laranjeiras inicia mais três turmas de cursos profissionalizantes

Outubro de 2013
Laranjeiras
Laranjeiras inicia mais três turmas de cursos profissionalizantes
A Prefeitura de Laranjeiras, através da Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social deu início a mais três turmas dos cursos de inclusão produtiva e geração de emprego e renda; inglês básico (CRAS II), artesanato reciclável (Pedra Branca) e boneca de pano (Mussuca). Em agosto passado, foram iniciados também cursos de depilação e doces regionais (CRAS I), técnica de vendas (Machado), salgados para coquetel (CRAS II) e artesanato em fita (Bom Jesus).
Paralelo aos cursos profissionalizantes, a Prefeitura está oferecendo também oficinas de percussão, acordeom, flauta, violão, judô e capoeira, através do Serviço de Convivência e Fortalecimento de vínculos (SCFV). Em cada uma delas são beneficiados 40 usuários. As atividades são realizadas nos bairros Machado, Mussuca, Bom Jesus e Pedra Branca.
De acordo com a secretária de Assistência Social, Onete da Mota, ao todo serão ofertados 17 cursos profissionalizantes em diversas áreas. A prefeitura tem buscado ofertar à população cursos de inclusão produtiva. Acreditamos que, dessa forma, podemos levar mais oportunidade às famílias em situação de vulnerabilidade social, afirmou.
É importante ressaltar ainda que até o final do ano vão ser concluídas as turmas dos 17 cursos ofertados em diversas áreas como depilação, massagem corporal, maquiagem social, doces regionais, panetones trufados, técnica de vendas, excelência no atendimento, jardinagem, bonecas de pano, design em sobrancelhas, bombons e trufas, bolos e tortas, pãezinhos de forno, salgados para coquetel, cuidador de idosos, artesanato em fita e garrafas decorativas. Mais de 300 pessoas são beneficiadas, acrescentou.
Tássio Hernandes, estudante do 1º ano do ensino médio vê que um curso de inglês é mais uma oportunidade de qualificação para o mercado de trabalho. Vemos que a cada dia o mercado de trabalho está mais exigente e hoje um curso de inglês é extremamente importante, ainda mais que a copa do mundo e as olimpíadas estão chegando. Apesar de Sergipe não ser uma cidade-sede, mas deve receber uma grande quantidade de turistas estrangeiros e saber falara inglês é fundamental para atendê-los bem, destacou o estudante.
A vendedora Ana Cristina Ferreira é adepta a cursos de inclusão produtiva e relata que quer estar preparada para o mercado. Trabalho como vendedora, mas já fiz um curso de turismo ofertado em Laranjeiras e agora aproveito para aprender de graça o inglês. É mais uma oportunidade de qualificação que se junta com o aprendizado em turismo. Somos jovens e temos que aproveitar as oportunidades. Se fôssemos pagar este curso não sairia por menos de R$ 3 mil, frisou.
T.Dantas Comunicação e Marketing
http://www.faxaju.com.br

Alimentos & Bebidas
Artesanato
Turismo